Buscar
  • Algo Mais

Dieta vegana

Escolha adequada de alimentos garante quase todos os nutrientes, vitaminas e minerais necessários


Por Iracema Ferro - Algo Mais Consultoria e Assessoria

Ano após ano, seja por causas como sustentabilidade, bem-estar animal ou mesmo mudanças alimentares por causa da saúde, tem crescido a quantidade de pessoas que aderem às dietas vegetarianas e veganas, buscando uma nutrição mais natural. Mas abandonar o consumo de alimentos de origem animal, como carnes, peixes, ovos, leite e seus derivados não é uma missão fácil e, a depender de como esta mudança é feita, pode trazer prejuízos à saúde.


O alerta é da coordenadora do curso de Nutrição do Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL), a nutricionista Ariana Amaral.


“Uma dieta vegana consegue prover quase todos os nutrientes, vitaminas e minerais necessários para o bom funcionamento do organismo. Se a alimentação for equilibrada, a escolha de alimentos como soja é capaz de prover proteína de qualidade e os vegetais, leguminosas, tubérculos, raízes, frutas e verduras, contribuem para a aquisição das vitaminas e minerais”, pontua.


Ariana Amaral alerta que ao realizar essa mudança na alimentação pode haver a necessidade de suplementos. “O único nutriente que é exclusivamente de origem animal e que deve receber atenção especial para suplementação é a vitamina B12. Como ela é exclusivamente obtida em alimentos de origem animal, a ingestão fica comprometida em uma dieta vegana, havendo a necessidade de avaliação de suplementação”, destaca.


Já nutrientes como o ferro e o zinco podem ser obtidos através do consumo de alimentos como as leguminosas e não obrigatoriamente precisam ser suplementados.


“É interessante que o paciente procure um nutricionista para adequar o consumo desses alimentos e nutrientes e propor fontes alternativas de alimentos para uma dieta completa e balanceada”, aconselha a especialista.