Buscar
  • Algo Mais

IEL/AL apoia iniciativa inédita para pet

Pioneiro em todo o Brasil, produto para animais foi criado com ajuda do programa Inova Talentos, do IEL, com foco em inovação em empresas e capacitação de jovens talentos


por Iracema Ferro - Algo Mais Consultoria e Assessoria


Um produto multifuncional, rico em vitamina E, ácido láurico e antioxidantes, com ação anti-inflamatória, cicatrizante, que previne tártaro, trata dermatites, hidrata pelos e almofadinhas das patas, fornece energia, aumenta a imunidade, combate o diabetes e ainda promove sensação de saciedade, auxiliando na perda de peso corporal. Este é o óleo de coco para uso pet lançado pela indústria alagoana Copra e desenvolvido através do programa Inova Talentos, do Instituto Euvaldo Lodi Alagoas (IEL/AL) em parceria com o CNPq.


As pesquisas que resultaram no novo produto tiveram início em 2014, quando a Copra buscou o Inova Talentos, uma iniciativa que fomenta projetos de inovação em empresas e capacita jovens talentos por meio de bolsas, que conta com o financiamento do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq). De acordo com o engenheiro e presidente da Copra, Hélcio Oliveira, a indústria era voltada exclusivamente para a alimentação humana, mas viu uma oportunidade de expandir e atingir o cuidado com cães e gatos.


“Com o apoio técnico do IEL, participamos de uma seleção junto ao CNPq para termos um suporte no desenvolvimento de produtos derivados de coco para o mercado pet. Fomos selecionados e tivemos o direito de ter uma veterinária na nossa empresa por um ano. Ela fez os testes da utilização do óleo de coco em gatos e cachorros, e analisou seus benefícios tanto na alimentação quanto na aplicação tópica. Os resultados foram fantásticos”, lembra.


No entanto, a Copra teve um entrave para o lançamento: fazer a adaptação da empresa e adequá-la junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Esse processo demorou um tempo considerável, por causa da burocracia. Neste período acabamos dando foco para outros projetos”, conta Hélcio. Com a contratação de novos profissionais, o registro junto ao Mapa finalmente foi concretizado e a empresa alagoana lançou o primeiro óleo de coco do Brasil voltado para o mercado pet.


Pesquisas e testes


O óleo de coco para uso pet foi desenvolvido sem cheiro nem sabor, podendo ser misturado à ração ou aos petiscos. De acordo com os estudos, o produto tem alta digestibilidade, colaborando na saúde intestinal e não interferindo no equilíbrio da microbiota. Como proporciona maior sensação de saciedade, auxilia na perda de peso corporal, fornece energia e combate o diabetes. Por ter ação anti-inflamatória, é um excelente cicatrizante, podendo ser aplicado em feridas, na hidratação dos pelos e das almofadinhas das patas e, topicamente ou misturado no shampoo, o produto ajuda a tratar dermatites, podendo ser usado na limpeza do focinho e ainda dos dentes, prevenindo o tártaro.


A veterinária Carla Loureiro foi a responsável pelos estudos. “Fizemos o trabalho em duas ONGs, com uso de óleo de coco tanto de forma oral quanto nos banhos, para dermatite e aumento de imunidade. Nos testes, os pacientes tiveram resposta significativa e relevante, mostrando que o óleo de coco poderia ser usado de forma segura e com excelentes resultados”, destaca a profissional.


Eliana Sá, coordenadora de Inovação e Pesquisa do IEL Alagoas, frisa que o Inova Talentos é um programa que estimula a criação de projetos de inovação dentro da empresa e capacita os bolsistas (graduados, mestres e/ou doutores) para executá-los. “Por um lado, transformamos a indústria e por outro, formamos talentos para atuar em projetos de inovação”, explica.


Sobre este projeto em si, Eliana detalhou a atuação conjunta entre o Instituto Euvaldo Lodi e a empresa. “A Copra buscou o IEL, que proporcionou uma série de capacitações e fez todo o acompanhamento do trabalho da bolsista de mestrado. Ela desenvolveu a parte científica do projeto, que foi submetido e aprovado pelo CNPq. O Inova Talentos faz uma conexão entre profissionais e projetos de inovação, com a capacitação de novos talentos, aceleração de resultados e geração de soluções inovadoras para as empresas”, diz Eliana Sá.


O programa


Para participar do Inova Talentos, as empresas devem inscrever seus projetos, com a proposta de inovação pretendida. Os aprovados são contemplados com bolsas de fomento tecnológico e extensão inovadora, direcionadas a jovens talentos. O IEL encontra os talentos de acordo com o projeto e capacita esses bolsistas.


Os benefícios para as empresas que se aliam ao IEL são a aceleração de resultados, conhecimento científico, visão crítica, além de bolsistas dedicados exclusivamente ao desenvolvimento de projetos de inovação, que resultam em mais produtividade e no aumento da competitividade.


Para os jovens, o Inova Talentos proporciona o ingresso no programa de bolsas e extensão, desenvolvimento de novas competências, a atuação em projetos inovadores de acordo com o seu perfil e formação acadêmica, propondo soluções para desafios em projetos empresariais.