Buscar
  • Luana Nunes

W2W ajuda a criar parcerias

Sócias W2W Maceió aprendem a agregar competências para aumentar vendas


Por Clarissa Veiga - Algo Mais Consultoria e Assessoria


O mundo está diferente, as pessoas mudaram e os negócios também. Se as parcerias já eram apontadas por muitos especialistas como caminho para o sucesso, 2020 foi o ano em que a teoria saiu do papel, de uma vez por todas. Saber fazer alianças que agreguem competências e colaborem com o aumento das vendas virou item fundamental para o currículo de todo empreendedor, seja ele pessoa jurídica ou profissional liberal.


Em Maceió, o Club W2W estimula mulheres empreendedoras ao colaborativismo. Por meio de networking qualificado, as empresárias criam possibilidades de parceria entre diferentes negócios e ampliam as possibilidades de acesso a novos públicos.


A empresária Fernanda Benamor, partner do Club em Maceió, explica que quando empresas de setores semelhantes ou distintos trabalham em prol do mesmo objetivo, o poder de alcance de cada uma fica muito maior; é possível melhorar o faturamento e a visibilidade da marca. “Imagine que envolvidas em um projeto comum, duas ou mais marcas investem juntas em uma única campanha de marketing, por exemplo, isso vai aumentar o alcance de cada uma das empresas e ao mesmo tempo diminuir os custos com propaganda, já que as ações serão feitas coletivamente”, ilustra Benamor.


As associadas Women to Women, Maria Barreiros, Alana Soriano e Kátia Barra, se conheceram nos encontros do clube e já uniram suas marcas em diversas ações.


Alana Soriano é chef confeiteira e assina a marca AS Macarons, especializada nos doces italo-franceses. Segundo ela, o W2W tem proporcionado uma imersão no mundo das mulheres empreendedoras: “falamos a mesma língua e conseguimos nos unir em parcerias que não seriam possíveis sem a intermediação e suporte do clube”.


Kátia Barra também representa o mundo da confeitaria no W2W. Ela assina a produção da Barra Doceria e encontrou no clube o ambiente propício para ousar encontros nunca imaginados. Recentemente seus doces e os macarrons de Alana estiveram juntos numa noite harmonizada pela sommelier Maria Barreiros, personal do Vinho com Maria.


A personal sommelier destaca que o Club W2W proporciona o encontro de negócios que teriam chances mínimas de se conhecer fora do clube.


Serviços e parcerias


Outro formato de parceria proporcionado pelo clube, é o que promove encontros entre necessidades e soluções. A única praticante profissional de Massagem de Som em Alagoas, Stella Leoni, conta que tinha a necessidade de profissionalizar as ações de divulgação da sua empresa e foi nas reuniões do W2W que conheceu a jornalista Luana Nunes, diretora da Algo Mais Consultoria e Assessoria, nasceu alí mesmo a parceria que ela precisava para divulgar o seu serviço na imprensa.


A partner Fernanda Benamor ressalta que exemplos como esse são uma constante nas unidades W2W espalhadas por todo o Brasil. “O Women to Women já está em 31 cidades brasileiras e o projeto das idealizadoras do Club é fazer do W2W o maior clube de mulheres do mundo. Quanto mais associadas, mais oportunidades de negócios”, ressalta.


Para fazer parte desse clube e experienciar todas as suas possibilidades, a empreendedora deve acessar o site linktr.ee/w2w.Maceio e escolher entre as opções de planos anual e semestral. Para ter mais informações sobre o Club W2W e como ele pode revolucionar a vida da mulher alagoana, siga o perfil @w2w.maceio, no Instagram.