Buscar
  • Algo Mais

Sicredi entrega Espaço da Costura em Maceió

Projeto social Vestindo Minha Família, que profissionalizou mulheres carentes no ofício do corte e costura, entra na segunda fase e vai promover oficinas para maior capacitação, com estímulo à geração de renda e melhoria da qualidade de vida na comunidade


Por Carol Amorim - Algo Mais Consultoria e Assessoria


A partir deste fim de semana, a comunidade do Vale do Reginaldo, localizada no bairro do Poço, em Maceió, contará com um novo espaço para formação de costureiras. O Espaço da Costura será inaugurado nesta sexta-feira (18), na sede do Instituto Guilherme Brandão, onde posteriormente acontecerão oficinas para capacitação e desenvolvimento à comunidade.


A segunda fase do projeto tem a parceria do Centro de Voluntariado Sementes do Vale. De acordo com Thiago Viana, presidente do Sementes do Vale, o projeto é de grande importância para a comunidade, considerando a alta taxa de desemprego na região. “Por meio dessa iniciativa, conseguiremos gerar oportunidades de trabalho e renda para essas mulheres”, conta.


A costureira Maria das Neves Menezes, 36, será uma das mulheres contempladas pelo projeto. Com três filhas e dois netos, ela diz que a abertura do local ajudará as mulheres da comunidade a conquistarem a própria renda e a contribuir com as despesas de casa.

“Antes, eu costurava para fora, fazia fardamentos em um grupo, mas saí por motivos de saúde. Depois, minha máquina quebrou e não tive condições para mandar consertar. A minha expectativa para esse espaço é que dê certo, que a gente possa ter uma renda para ajudar em casa, como ter uma renda para comprar o que quer, o que precisa, sem pedir a marido, mãe, sem pedir ajuda a ninguém”, relata.


Maria das Neves foi uma das mulheres que participaram do Projeto Vestindo Minha Família, uma iniciativa da Sicredi Expansão, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Ela já possuía conhecimentos de corte e costura e disse que, através do projeto, pôde se especializar ainda mais na profissão.


Sobre o Espaço


O Espaço da Costura contou com a doação de oito máquinas e bancadas feitas pela Sicredi. Além disso, a cooperativa de crédito realizou convênio para que reparos fossem feitos na estrutura do espaço antes dele ser inaugurado.


De acordo com Pâmella Tenório, assessora de Desenvolvimento do Cooperativismo da Sicredi Expansão, a disponibilidade de um local para a geração de renda na comunidade se trata de um desdobramento do Projeto Vestindo Minha Família. Ela ainda informa que haverá um revezamento no local para que todas as mulheres contempladas com o espaço possam utilizá-lo.


“A importância da inauguração do espaço é trazer para a região prosperidade e apoio. Como se trata de uma comunidade muito necessitada, entendemos a importância da continuidade para a geração de renda”, enfatiza.


Pâmella destaca que o espaço contará com oficinas, além da produção de material têxtil e de pequenos reparos. Uma expansão do local também está nos planos da cooperativa. Já sobre a instalação de mais espaços como esse, ela afirma que há um estudo de viabilidade para que um espaço de costura também seja instalado em Arapiraca, outra cidade que sediou uma edição do Projeto Vestindo Minha Família.


Nesse início de funcionamento do Espaço da Costura, o local ficará aberto aos sábados, das 8h às 12h e contará com o apoio de uma equipe de voluntários do Sementes do Vale e da Sicredi.